domingo, 13 de agosto de 2017

Feliz Dia Dos Pais: Ser Pai!

Embora não seja pai, eu sou filho, assim, como Nietzsche expressava, sigo a mesma ideia de que eu não sei o que quero ser, mas sei muito bem o que não quero me tornar. Pais sempre exercem um imperativo hipotético para com seus filhos, na medida em que eles fazem algo, os filhos interpretam, principalmente na infância, que aquilo é uma lei moral, e por um grande período considera aquilo como certo e o que não se faz como errado, assim, quando um pai age de certa maneira contrário daquela exigida para o filho, o imperativo não é mais aquele, mas sim categórico, e por outro lado, surge a noção de hipocrisia.
Um pai de uma menina deveria (noção de Kant) ser imagem de homem, ao respeita a sua mãe, ao respeitar os membros em sociedade e demonstrar através de sua razão o que é certo ou errado na perspectiva ético-histórica, por outro lado, um pai de um menino deveria da mesma forma agir de tal forma que suas condutas fossem leis universais para a infância, um exemplo, porque este amor que deveria existir é o como podemos demonstrar para a nossa geração como viver uma vida sem turbulências ou contradições, uma vida realmente com sucesso, este que não represente somente o deus-dinheiro.
Pais, vossos filhos te veem como exemplo de amor, então, a forma como você o ensina, educa ou o transmite os ensinamentos da vida será os paradigmas de suas vidas, excepcionalmente, algum consegue ter aquele ensinamento, muitas vezes, como errado e conceituá-lo como tal. Por isso, encontrei no conceito de pai, do latim pater, que significa genitor ou gerador, o vigor desta infeliz existência, pois ser pai não significa apenas gerar irresponsavelmente uma criança, ser pai é algo muito mais amplo, inclusive abrange até mesmo as relações de mãe e filho, onde a mãe exerce o papel de pai.
            Ser pai está muito além de ser aquela figura de homem sério, ríspido, grosso ou até mesmo aquele que vê na companheira um objeto qualquer. Antes de ser pai, devemos ser homens de valor, antes de qualquer atitude de homem, devemos ser espécies vivas racionais, porque se não fosse esta triste realidade da figura masculina, nenhuma outra crise familiar existiria, porque o homem respeitaria a mulher, que respeitaria outro, e a mulher outra mulher, não importa, em todas as relações o respeito e construção devem preexistir ao egoísmo, e respeito não é só uma palavra, é uma prática.
            Portanto, ser pai é nascer todos os dias, somos pais antes de ser, pois nossas decisões que constituirá uma realidade a qual desejamos, pois a vida é estes diversos espelhos, cada qual com sua imagem que refletirá noutro, nesta linha atemporal da compreensão. Ser pai é ser antes de qualquer coisa responsável com esta complexa tarefa muito antes de sê-la.

Feliz dia dos Pais!

Nenhum comentário:

Postar um comentário