sexta-feira, 14 de abril de 2017

A importância do projeto Unilab no Brasil, Ceará e Redenção!


Em 2010, 12.289 foi sancionada para criar uma instituição de nível Federal, essa instituição se chamaria Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro Brasileira, nossa querida Unilab. Relatos afirmam que a vinda para a cidade de Redenção, veio por simbolismo, pois até os dias de hoje, a historiografia afirma que em Redenção, cidadezinha pacata no Estado do Ceará, foi o lugar onde os escravos foram libertos antes do que o próprio país, em geral.
A Unilab é uma Universidade não só federal, mas internacional, escrevo para todos, vejam e pensem a importância dessa instituição no Brasil, no Ceará e mais especificamente em Redenção, reitero, valorizem e ajudem a crescer cada vez mais esse projeto lindo.
A Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab) nasce baseada nos princípios de cooperação solidária. Em parceria com outros países, principalmente africanos, a Unilab desenvolve formas de crescimento econômico, político e social entre os estudantes, formando cidadãos capazes de multiplicar o aprendizado.
São milhares de pessoas envolvidas entre estudantes, técnicos, docentes e colaboradores. Uma oportunidade de aproximar o interior do nordeste brasileiro a uma educação avançada. Foram mais de 3 mil inscritos no primeiro processo seletivo.
O histórico dos países envolvidos no projeto da UNILAB indica a importância de desenvolver e fortalecer, em diversas áreas, conhecimentos e estratégias de organização e promoção da gestão pública, disseminando mecanismos de participação democrática, transparência de gestão e inclusão social.
No fim, afirmo, olhem pra Universidade com olhos de progresso, mas que seja um progresso real, não meramente conceitual e de formapseudo-cientifica. Venham e sintam-se em casa, a Unilab é nossa!
.
Autor: Antonio Gabriel Batista Xavier
Bacharel em Humanidades
Graduando em História
(85) 9 - 9725.2562
"O conhecimento é tudo"!

Nenhum comentário:

Postar um comentário