terça-feira, 15 de setembro de 2015

Nossa terra, nossa história do jeito que é dita.

Vim falar da minha terra do jeito que aqui nós fala.
Falando assim a nossa história do jeito que ela é dita.
Me baseei pela fala e não pela escrita!

Aracoiaba é o seu nome do canto dos passarim.
Ao progredir ta lá no hino, é o povo que grita "SIM!"

Vim falar da minha terra do jeito que aqui nós fala.
Falando assim a nossa história do jeito que ela é dita.
Me baseei pela fala e não pela escrita!

Nós tem aqui a pedra aguda encantada no sertão.
Toda cheia de mistério é referência pra avião!

Vim falar da minha terra do jeito que aqui nós fala.
Falando assim a nossa história do jeito que ela é dita.
Me baseei pela fala e não pela escrita!

Aqui tivemos tantos nomes que amaram esse torrão.
Vô citar um grande deles, o saudoso SALOMÃO!!!

Vim falar da minha terra do jeito que aqui nós fala.
Falando assim a nossa história do jeito que ela é dita.
Me baseei pela fala e não pela escrita!!!

O trem rendeu tantas histórias que encanta tanta gente.
Trouxe gente importante, até Getúlio o presidente!

Vim falar da minha terra do jeito que aqui nós fala.
Falando assim a nossa história do jeito que ela é dita.
Me baseei pela fala e não pela escrita!

Aracoiaba é tão extensa, do pé de serra ao sertão.
Minhas palavras não demonstram como eu amo esse torrão!

Vim falar da minha terra do jeito que aqui nós fala.
Falando assim a nossa história do jeito que ela é dita.
Me baseei pela fala e não pela escrita!

Eu já ia me esqueceno, mas espia se minino
De citar o nome dele o canoeiro MARCELINO!

Vim falar da minha terra do jeito que aqui nós fala.
Falando assim a nossa história do jeito que ela é dita.
Me baseei pela fala e não pela escrita!!!

Pra encerrar falo de hoje, que tem coisa que ainda presta.
Aqui tem coisa que me orgulha, por exemplo a nossa ORQUESTRA!

Vim falar da minha terra do jeito que aqui nós fala.
Falando assim a nossa história do jeito que ela é dita.
Me baseei pela fala e não pela escrita!!!

Não estudei suficiente pra escrever tudo certim
Mas falei a nossa história como falaram pra mim!

Vim falar da minha terra do jeito que aqui nós fala.
Falando assim a nossa história do jeito que ela é dita.
Me baseei pela fala e não pela escrita!

Antônio Sebastião Cruz Lima.
Conhecido em Aracoiaba como Tião, é um músico, empreendedor e crítico de nossa terra, vindo de família humilde, cresceu vendo o povo contar as histórias que fazem parte da nossa terra. Tião é grande fã de Patativa do Assaré, sua diferença é que ele realmente escreve, não importando as correnções ortográficas, pois é assim que ele deseja mostrar, como é dita a nossa história no meio e como o repassaram.

Nenhum comentário:

Postar um comentário